segunda-feira, 15 de julho de 2013

A Jaca e A Arte de Saber Parar

Como já contei aqui, ao contrário de todas as minha dietas fracassadas, dessa vez as jacas são permitidas, muitas vezes até programadas. Ocorre que com a evolução do meu emagrecimento (cada dia que passa fica mais lento), eu tenho que cada vez mais reduzir a frequência e a quantidade que elas ocorrem. E com isso preciso cada vez ser mais seletiva. Não dá pra do dia pra noite achar que nunca mais vai jacar. Se você restringir demais, uma hora você explode de vontade, não consegue parar mais e quando vê já está mais gorda do que no início do seu processo. O que sempre acontecia comigo... Vou mostrar pra vocês como tem sido o progresso das minhas jacas:

1° mês de dieta -Jacas 3 vezes por semana:
  1. Um jantar num restaurante japonês durante a semana.
  2. Sábado- Comia o que queria em todas as refeições, em pequenas quantidades.
  3. Domingo- Comia o que queria em todas as refeições, em pequenas quantidades.
PS: Liberava geral se houvesse alguma festinha.

2° mês de dieta -Jacas 2 vezes por semana:

  1. Um jantar num restaurante japonês durante a semana.
  2. Escolhia o sábado ou o domingo para jacar em todas as refeições, em pequenas quantidades.
PS: Liberava geral se houvesse alguma festinha.

3° mês de dieta -Jacas 2 vezes por semana:
  1. Um jantar num restaurante japonês durante a semana.
  2. Escolhia uma refeição do sábado ou do domingo para jacar em pequenas quantidades.
PS: Já não tomava mais refrigerante nas festinhas e procurava comer o que fosse saudável (ou menos gordo) nessas ocasiões.

4° mês de dieta -Jaca 1 vez por semana:
  1. Um jantar num restaurante japonês durante a semana (tem semana que não vou).
PS: Em festinhas como só as comidinhas que amo de paixão, em pouquíssimas quantidades. Ex: Ontem foi aniversário da minha vó, tinha as seguintes delícias: Empadinhas, coxinha, pizza enrolada, croquete, pão com carne desfiada e molho vermelho, refrigerante e bolo com recheio de doce de leite. Escolhi o que mais gosto: 01 pão (mini) com carne e molho e 01 pedaço fino de bolo com recheio de doce de leite. Não saí pesada (nem na consciência, nem na pança) e ainda contente por ter comido coisinhas super gostosas. 


Viram? Não radicalizei de uma vez. Talvez por isso eu tenha sofrido menos e já consegui chegar até aqui (-20kg). Cada fase de uma vez, progredindo sempre. Porque pra tudo na vida precisamos de equilíbrio e eu acho que estou encontrando o meu. 

Boa noite.

11 comentários:

Daniela Charleaux disse...

Adorei essa dieta!!! ;)

Elaine C. Melo disse...

Eu acho que vc tá certa e comigo acredito que tbm funcione da mesma maneira, sempre buscando o equilíbrio.

Bjusss!!

Jacki disse...

Ta certíssima! Jacas planejadas.... e da pra ver que funciona pra vc, que arraso de biquini!!!! Não deu tempo de comentar no outro post, mas fiquei de boca aberta, parabéns!

E SIM, tem mulher que participa das corridas com carrinho de bebê! hahaha, sem brincadeira!

Beijos!!!!

Fabi Lange Brandes disse...

eu acho que saber parar é o melhor e vira hábito, jacar sempre vai acontecer, pq somos humanos, mas o que importa e retomar o foco, sempre.
beijos e lindo dia

Lívia disse...

Evoluiu rapidamente!

Eu tbm to nessa de tirar um dia "livre" pra comer umas gordices, mas pretendo ir largando esse hábito.

Abraços

Vivi disse...

Que legal q conseguiu te organizar assim... Eu tenho dificuldade de me dar liberdade, não sei lidar! Heheheh! Mas aos poucos vou me educando e já sinto que estou bem melhor que no início do processo.
Beijos

Nice Franco disse...

Eu leio zilhões de blogs diariamente tentando achar uma identificação, uma motivação, sei lá.
Depois que descobri o seu blog me peguei lendo todos os seus posts desde quando começou.
Me reconheço na sua história, na compulsão, no conflito, na busca por equilíbrio.
Enfim, eu quase nunca comento blogs pq morro de preguicinha, mas precisava te dar os parabéns, dizer que sua história tem me motivado.
Que bom que vc encontrou o seu caminho.

Te desejo ainda mais sucesso <3

Milena disse...

Nice, que carinhoso o seu comentário. Que bom que tem se identificado, pena que você não tem blog também. Mas vamos trocando ideias por aqui. Ok? Estamos juntas. Abraço.

Nice Franco disse...

Eu tenho blog sim, é que por entender zero de tecnologia acho que bloqueei o acesso. Ahh e não é organizadinho com o seu, é mais meu diário mesmo.

http://nicefranco.blogspot.com.br/

Ahh, me autoriza no twitter, segui vc @Nicetthy

Bjo

Marina Coelho disse...

Nossa que demais! Parabens tbm preciso fzr hihi beijoss

laurabiss disse...

Adorei! O começo é sempre difícil mesmo, e assim parece bem mais fácil...
Seguirei essa dica, obrigada!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...