domingo, 18 de janeiro de 2009

O Motivo

Há anos eu e mais um montão de gente sofremos de compulsão alimentar. Estou aqui na blogosfera há aproximadamente cinco anos, entre idas e vindas pude conhecer, brigar, fazer amizades, inimizades, com "n" tipos de blogueiras. Dentre elas, algumas que não sofrem do mesmo problema que eu, e que apenas se dão ao trabalho de criar um blog para perder míseros quilos adquiridos por pura gula. Sim, gula é diferente de compulsão! Mas isso é um assunto para um outro post...

Estive refletindo esses dias e acho que cheguei à uma conclusão. Claro que não fiz nenhuma tese sobre o assunto, é apenas uma opinião própria, portanto fiquem todas à vontade para concordar ou não.

Há anos eu tento entender o que nos leva a comer tanto. Por uma época acreditei que era só porque eu gostava, porque sentia prazer. Cheguei até a fazer análise, sem obter resposta alguma. Muitas pessoas diziam que era algo emocional e eu teimava em dizer que não.

Quem é minha amiga sabe que venho de uma família (se é que posso chamar assim) totalmente desestruturada: pai alcoólatra, mãe que fugiu quando eu era criança, avô que me expulsou de casa, enfim...

Mas aonde eu quero chegar?

Bom, aqui no mundo dos blogs lights percebi que não sou a única com esse histórico. Conheci compulsivas: que nunca conheceram o pai, que foram rejeitadas pela mãe, que tem pai e/ou mãe alcoólatra, que sofreram abuso sexual... E, acreditem, não são a minoria!

Creio que "comemos" toda falta de amor e carinho que não tivémos (ou não temos). Porque comer dá prazer sim, muito curto, é verdade. Ficamos felizes momentaneamente e em seguida vem o efeito rebote, ficamos mais frustradas ainda, afinal a alegria foi embora e as calorias ficaram no nosso organismo, se transformaram em gordura, gerando mais frustração... E o resto do círculo vicioso a gente está cansada (demais até) de conhecer.

Sempre me falaram que era importante eu descobrir o motivo de tudo isso. Acredito que descobri. E agora? Falta descobrir o remédio...

15 comentários:

●๋๋•P®ï●๋๋• disse...

Ai amiga tantos são os motivos.... muitos comuns outros individuais, mas certo que precisamos mudar isso e juntas somos mais fortes!
bjks e que venha segunda-feira!

A Borboleta disse...

Pois é minha amiga querida, eu concordo com vc e vc não ´minoria estou nessa com vc e vc sabe, o remedio acho que é individual pra ada uma de nos, na dosagem do tamanho de nossa dor,Te amo viu?
vc é a familia que Deus me permitir escolher,,,, heheheh tô melosa hoje beijos e ótima semana

**Valquíria** disse...

Sim Mi! A compulsão alimentar na minha opinião está diretamente ligada á problemas emocionais, o mais importante de tudo é que você descobriu o que a faz comer muito, agora amiga o “remédio” é buscar ajuda!
O que você acha de começar a freqüentar as reuniões dos Vigilantes do Peso?
Acesse o site e procure uma reunião mais próxima da sua casa, você não tem idéia da força psicológica que essas reuniões nos dão!Eu que já tinha até cogitado a idéia de fazer uma redução de estomago, vi os VP como minha ultima chance e posso afirmar que está dando certo!Pense bem, quem sabe não sua saída tb!
Beijocas, te adoro muitooooo

Priscila disse...

Mi, eu tento achar essa minha carência dentro de mim mas não sei onde ela mora... dificil mas não impossivel vai dar tudo certo!!

Beijos

Carol disse...

Os motivos são tão diversos, o importante é cada um olhar dentro de si e descobrir seus pontos fracos, e a partir daí montar uma estratégia...

vamo q vamo!

um beijo!

A Borboleta disse...

Ei miiiiiiiiii
tem um premio pra vc neste link
se n postar apanha visse hahaha
http://dietadenovo.blogspot.com/

Vivi em mudanças disse...

Vc tem razão, os motivos são tantos, e vasculhando são histórias de vidas de pessoas tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais.
O motivo já sabemos, mas o remédio é melhor ñ ser o comprado com dinheiro e sim o conquistado com nosso esforço, pq se temos que emagrecer que seja da forma correta e para sempre.
Bjocas amiga

Jaque disse...

É, vida louca a nossa....

Nair Specort disse...

Querida, compulsão tem tratamento, mas é a longo prazo...todas nós por um motivo ou outro temos compulsão...pq não dá compulsão pra gente beber água?Tem que ser comida?é muito complicado, mas juntas venceremos...Passei aqui pra te deixar um abraço ligth!

Val disse...

OIê, alguém falou em compulsão por aí?? Foi só falar e eu apareci!rsrs

Amiga, voltei e sabe Deus o que será desta vez. QUe bom que os motivos que te levam a comer estão esclarecidos. é um passo a mais para vc. Um beijo enorme!

A Borboleta disse...

Procura-se viva e bem viva a dona deste blog empoeirado cof cof paga-se uma boa recompensa um kinder coiso quase derrentendo, TOMA VERGONHASUA INGRATA some assim não....sinto uma saudade de tu.
odeio amigas que somem

Electra disse...

Ai Mi...
O real motivo de comermos é puro prazer!
Assim como o orgasmo....comer nos dá uma sensação de alegria...êxtase...nirvana....sei lá....
O real problema é não saber a hora de parar de comer...
Se vc encontrar esse "remédio" milagroso, please....me passe a receita.
(Obs= ando com uma "fome" voraz ultimamente)
:(
Bjops

Fabi disse...

Com certeza, os problemas emocionais levam sim à compulsão...mas e quem não tem motivo, come simplesmente por gostar de comer e depois fica arrependida?Ai é um saco isso, mas acho que daí é falta de esforço sei lá( eu passo por isso...)Passei aqui para ver se estava tudo bem e dizer que voltei!Beijoss

Maíra Brito disse...

sim, comemos por amor. pela alegria. pela delícia de saborear algo q gostamos.
gula ou compulsão, o limite pode ser bem tênue.
pra todas, parece q o remédio é alimentar a auto-estima...
difícil, né?
eu queria tanto aprender!
=)
bjossss

http://www.priemforma.com disse...

Amiga tem sorteio de um kit de maquiaguem pierre pardon no meu blog, só se inscrever no post do sorteio e BOA SORTE!!!

http://www.priemforma.com/?p=308

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...